5 de julho de 2013

A Macaca no Governo

No país dos bonobos, há uma macaca, dita centrista, que tem acasalado com cada chimpanzé que seja líder da comunidade nacional. Quando lhe parece que o companheiro está a perder o poder, passa a cortejar outro chimpanzé que revele poder ser o novo chefe da selva da macacada. Já sobreviveu a pelo menos quatro chimpanzés que foram para a cova.
Para estar sempre no poder a comandar cada líder, a macaca tudo exige e tudo justifica negativamente com a moral e os costumes dos que perdem a liderança.
A macaca, esperta em terra de cegos, já foi universitária independente e agente submarina. Para os seus detratores, ela é uma meretriz. Para os seus admiradores ela é casta, até santa…

23 comentários:

  1. A Macaca é esperta.... Os Macacos na ânsia de dominar o Bananal cometem sempre o erro, que é fazer a corte e a copula... Depois a Macaca aborta e o Macaco depressivo suicida-se.

    ResponderEliminar
  2. Respostas
    1. Boa tarde
      Sr. Daniel será necessário um desenho? veja o 7º comentário

      Eliminar
  3. Pediram ao deputado de Pombal para explicar essa macacada toda ao PM? É que este nosso PM é burro política e politiquicemente.

    ResponderEliminar
  4. Pediram ao deputado de Pombal para explicar essa macacada toda ao PM? É que este nosso PM é burro política e politiquicemente.

    ResponderEliminar
  5. Amigo e companheiro João Coelho, boa noite.
    Fiquei muito triste por teres escrito que o meu amigo pessoal Pedro Manuel Mamede Passos Coelho é burro.
    E fiquei, ainda, mais triste porque o negócio dos solípedes é meu.
    Sou o único ancartado nessa matéria.
    E fica certo que não te estou a classificar na família dos solípedes.
    Burros, zebras, cavalos...
    Todos aqueles que terminam os membros numa única unha.
    A menos que...
    Abraço.

    ResponderEliminar
  6. Boa tarde!
    Caríssimo Engº Marques: Tratando as coisas pelos nomes, não trocando V pelo B, não vale a pena defender o que não têm defesa.

    Parafraseando Salazar: " ...... de tempos a tempos há quadrilhas altamente organizados que assaltam o poder....". só faltou dizer que no século XXI as quadrilhas apareciam aos Pares.

    Já é tempo dos psicólogos estabeleceram um padrão psicológico para quem nos governa e sujeitar todos os políticos da copula a testes psicológicos.

    Não é justo que os políticos exijam sacrifícios a todos nós obrigando-nos a dar aquilo que temos e não temos, produzido com o nosso suor e, dum momento para o outro, só porque acordam mal humorados, resolvem demitir-se das responsabilidades que assumiram voltando tudo à estaca zero.

    Estes senhores deviam ter dado ao País uma mensagem de confiança , estabilidade social e económica em vez de praticarem actos tresloucados como o da última semana que apenas contribuiu para colocar ainda mais em descrédito o já abalado conceito que o povo faz dos políticos e obrigando o País a voltar à estaca zero. Qualquer dos dois intervenientes, na birra da última semana, faz- me lembrar o menino da bola que se aborrece com os colegas e leva a bola para casa.

    Nos últimos meses vemos diariamente os nossos políticos a pedir eleições antecipadas como que isso fosse uma solução mágica para a resolução dos problemas do País e da falta de políticos de craveira, todas estas insistências no pedido de novas eleições revelam a irresponsabilidade e mediocridade dos nossos políticos, não vislumbro ninguém dos nossos políticos com capacidade de liderança para nos governar, apenas impera a falta de inteligência. As eleições apenas servem para gastar milhões que não temos

    Por favor Sr. SAMPAIO volte, desta vez vou votar em si de olhos fechados, provou-me que é superior à média.

    Acrescento que nunca conheci nenhum GAY com personalidade digna de ser admirada.

    ResponderEliminar
  7. Amigo e companheiro Tarantola, boa noite.
    Antes de ir ao que venho, deixa-me dizer-te que és amigo, porque és amigo e porque escreveste, há tempos, que era um presente envenenado o meu convite para a caracolada no Paulo. Esperto!
    Mas no teu escrito, desmascaraste-te no género, em toda a linha.
    Agora ao que venho.
    Nem a ciência matemática do nosso camarada Adérito Araújo é exacta, como já aqui o demonstrei e sem ser matemático.
    Agora tu,
    Não podes, não deves, fazer juízos de valor sobre o intangível de cada um.
    Não podes, não deves, fazer juízes de valor sobre o comportamento de cada um.
    Não podes, não deves, pretender que a política seja uma ciência exacta.
    O companheiro José Gomes Fernandes não esteve bem com o post enviesado da macacada.
    A minha matriz cultural também abomina os desvios naturais.
    Olho-os de lado, a fazer de conta que os respeito.
    Agora essa dos testes psicotécnicos para os políticos é que não lembrava ao diabo.
    Sabes que não há nenhuma escola que dê formação aos actores da pirâmide política, cá ou noutro qualquer país.
    Têm que aprender a saber fazer à custa de nós todos, incluindo eles próprios, porque a pirâmide política não funciona, ou funciona em casos pontuais, como é o caso do candidato Diogo Mateus.
    Sabes. E sabes, também, que a minha vontade era a de ir a Lisboa dar dois pares de bofetadas a cada um.
    Mas fico-me pela intenção, porque dizem-me que não é pedagógico.
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia!
      Caro Sr. Engº Marques, eu sempre respeitei a personalidade do meu semelhante, veja só que adoro cães, detesto trapaceiros, outros charlatães, relvas & Companhia.

      Quanto aos testes psicoténicos, para os políticos, só pecam por tardios, ou Sr. Engº tinha medo de se sujeitar ao teste ? julgo que não!

      A qualidade dos políticos que temos, ultimamente, tinha sido evitada se existisse a tal exigência dos testes psicológicos.

      A política não é, de facto, uma ciência exacta mas, dever ser exercida com rigor e por políticos que nos dêem o exemplo. Com que direito vêm esta gente exigir-nos mais sacrifícios se continuam a brincar às casinhas com o nosso dinheiro ? O Sr. sabe que em tempo de crise a presidência da República gastou milhões em despesas de representação? supostamente 190 milhões de euros?

      Quanto às palmadas aos políticos, " ... o povo devia raptar os meninos da birra e dar-lhes umas palmadas até eles se entenderam ......." (esta frase desapareceu do meu texto anterior),

      Engº Estamos fartos e eles que tenham cuidado que os militares da Guerra do Ultramar na reserva

      Um abraço da sua amiga Tarantola

      Eliminar
    2. Amigo e companheiro Tarantola, boa tarde.
      Agora é que estragaste tudo quando afirmas que: "Estamos fartos e eles que tenham cuidado com os militares da Guerra do Ultramar na reserva".
      Sabes que quem andou nessas campanhas só tinha a "velharia" do Movimento Nacional Feminino, como género feminino, a dar tabaco, os aerogramas e mais não sei o quê.
      Havia algumas enfermeiras, mas essas não pertenciam às forças armadas.
      Até mesmo o Manuel Alegre, aos microfones da Rádio Portugal Livre, ou da Voz da Argélia, já não me lembro bem, era do género masculino.
      Abraço.

      Eliminar
    3. Boa tarde!
      Na questão das enfermeiras e aerogramas nada tenho a dizer pois, sou género gostar mais de enfermeiros competentes, quem por lá andou, como o Sr. por exemplo, são quem sabe o que lá se passava.

      Eliminar
  8. Respostas
    1. Amigo e companheiro Daniel Abrunheiro, boa tarde.
      O José Gomes Fernandes esteve muito mal no post que colocou.
      Não respeitou nada, nem ninguém.
      Quem ele pretende atingir é o ex-Ministro dos Negócios Estrangeiros e agora Vice-Primeiro Ministro, com competências para coordenar não sei o quê.
      Abraço.

      Eliminar
    2. Amigo Manel: pois sim senhor. Estava a reinar com aquela coisa de precisar de um desenho. Se calhar, na crónica de 5.ª que vem, vou tarantolar um bocadito.

      Eliminar
  9. Daí à generalização do outro sobre gays que, por o serem, nao podem ter personalidade digna, vai o passo de um anão.
    Quem tem muros no pensar, nunca há-de eleger um bom governo. Daí a minha fé muito frágil na democracia. É uma utopia. Uma utopia que dificilmente dará bons resultados enquanto for "gerida" por um povo tão tacanho...

    ResponderEliminar
  10. Bom tarde!
    Sr. Gabriel não deturpe aquilo que escrevi e passo a citar: " .. nunca conheci nenhum Gay com personalidade digna de ser admirada"

    Desfazendo o seu equívoco: A minha não conheceu, não quer dizer que o Sr. não conheça, por eu não admirar a personalidade duma pessoa não quer dizer que outra não a admire ainda, há pessoas que não são dignas do cargo que ocupam e outros há que não são dignos deles mesmos

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  11. Boa tarde
    Ó Marques estares a defender o que não têm defesa, fica mal, se eu não te conhece diria que andavas mal informado !

    O José Fernandes fez um articulado de palavras que, bem interpretado, apenas diz a verdade, confesso que gostei, só faltou oferecer-lhe um cacho de bananas.

    Estou como o outro: de tempos a tempos há quadrilhas organizadas que chegam ao poder e, já agora . dá duas ou três palmadas nos miúdos, põe os na linha,

    ResponderEliminar
  12. Meus caros amigos
    O Rodrigues Marques deveria ter percebido que eu não penso como ele, nem quero. Não quero também não saber o que digo...
    Sobre Paulo Portas, direi que é uma pessoa que, pela sua retórica, pela sua expressão corporal e pela sua conduta, nunca me mereceu confiança.
    Os factos provam-no.

    ResponderEliminar
  13. Eu cá é que nao fazia uma coligação com ele. So se fosse burro. Ou se quisesse o poder a qualquer custo...

    ResponderEliminar

O comentário que vai submeter será moderado (rejeitado ou aceite na integra), tão breve quanto possível, por um dos administradores.
Se o comentário não abordar a temática do post ou o fizer de forma injuriosa ou difamatória não será publicado. Neste caso, aconselhamo-lo a corrigir o conteúdo ou a linguagem.
Bons comentários.