10 de junho de 2014

Há vida para além do Cardal


A primeira vez que vi os irmãos Vera e Filipe em palco foi há dois anos, numa arrepiante interpretação do Avé Maria de Shubert, durante a cerimónia das luminárias no encerramento do projecto "Um Dia pela Vida", da Liga Portuguesa Contra o Cancro. Ao longo daqueles meses de 2012 surpreendi-me com a quantidade de gente a fazer tanta coisa e tão bem pelo concelho fora. 
No domingo passado assisti pela primeira vez à actuação do Coro Infantil de Santiago de Litém, orientado pelos manos - um projecto ainda em fase inicial com todo o potencial para fazer a diferença entre o "mais do mesmo" que habitualmente toma conta dos programas. Os meninos cantam Zeca Afonso, também, o que não é lá muito católico nos tempos que correm...e merecem aplauso.
Eu não sei se a Vera e o Filipe foram considerados agentes culturais pela Câmara. Mas tenho a certeza de que o são. E que vão fazer um bom trabalho com as crianças de Santiago, assim como aquele que fazem individualmente. 

1 comentário:

  1. Gente que faz a diferença. Mesmo em Pombal, terreno hostil a estas coisas.

    ResponderEliminar

O comentário que vai submeter será moderado (rejeitado ou aceite na integra), tão breve quanto possível, por um dos administradores.
Se o comentário não abordar a temática do post ou o fizer de forma injuriosa ou difamatória não será publicado. Neste caso, aconselhamo-lo a corrigir o conteúdo ou a linguagem.
Bons comentários.