4 de julho de 2014

O fado do remador português

A lei das autarquias locais estabelece dois vereadores a tempo inteiro nos municípios com mais de 20.000 e menos de 100.000 eleitores. Pombal tem cinco! (remunerados como não o seriam no mercado trabalho).
A lei impõe dois diretores de departamento nas autarquias como Pombal. A CMP, com a recente reestruturação, ficou com dois (três foram aos figos).
Consequentemente, a câmara ficará com seis chefes (políticos) para dois subordinados (diretores): três chefes por subordinado! É obra!

Nunca mais cortamos com o triste fado do remador português!

1 comentário:

  1. E ainda tem havido os "quase, quase vereadores", que é uma classe distinta!

    ResponderEliminar

O comentário que vai submeter será moderado (rejeitado ou aceite na integra), tão breve quanto possível, por um dos administradores.
Se o comentário não abordar a temática do post ou o fizer de forma injuriosa ou difamatória não será publicado. Neste caso, aconselhamo-lo a corrigir o conteúdo ou a linguagem.
Bons comentários.