25 de fevereiro de 2017

Diogo Mateus lembra que os subsídios “compram” votos

Discutia-se a atribuição de mais um subsídio à Comissão Fabriqueira da Igreja de Pombal. O vereador Jorge Claro anunciou que PS votava contra. Logo Diogo Mateus lembrou, com aquele sorriso cínico: - vota contra! Muito bem. ...Os (seus) votos sobram para alguém.
E a reunião lá prosseguiu no registo do “chá das cinco”, que nem o tema do CIMU da Sicó – o maior desastre político das últimas décadas - alterou.
video

4 comentários:

  1. Diogo Mateus cada vez mais pedante...a falta de respeito que ele ontem teve com a Deputada do PS foi degradante...ele no fim da AM pediu-lhe desculpa...A Sra como é educada aceitou...mas não irá certamente esquecer tamanha falta de respeito em plena AM e espero que essa frase infeliz conste e acta.

    ResponderEliminar
  2. É inconcebível como é que o poder político subsidia os boletins em causa. Mas este excerto serve para tirar várias máscaras.

    ResponderEliminar
  3. Ate o PSD ficou estupefacto com esta mudança de rumo do PS! :)

    ResponderEliminar
  4. A resposta de DM ao voto contra, é emergente do poder absoluto-maioria absoluta- que possui. Esta coisa da maioria absoluta que por cá nos governa dá naturalmente nestas coisas.

    ResponderEliminar

O comentário que vai submeter será moderado (rejeitado ou aceite na integra), tão breve quanto possível, por um dos administradores.
Se o comentário não abordar a temática do post ou o fizer de forma injuriosa ou difamatória não será publicado. Neste caso, aconselhamo-lo a corrigir o conteúdo ou a linguagem.
Bons comentários.