13 de maio de 2009

O futuro das Empresas Municipais

As empresas municipais (e intermunicipais) são, actualmente, entidades com um peso significativo na administração da coisa pública, prestam serviços à esmagadora maioria dos munícipes. Consequentemente, deveriam ser fiscalizadas e avaliadas, tanto na vertente política como na operacional e técnica. Infelizmente, nesta terra, não é isso que acontece. Por outro lado, criar, extinguir ou fundir empresas municipais são decisões importantes que afectam directa e indirectamente a generalidade dos munícipes; logo, nunca deveriam ser tomadas pelos executivos à revelia destes e dos seus representantes.
O enquadramento organizacional das empresas municipais na Arquitectura Organizacional da Autarquia não é uma coisa de somenos importância que possa ser deixada ao livre arbítrio de um qualquer presidente da câmara sem um amplo debate prévio, pelo que deveria ser um dos temas da próxima campanha eleitoral. Temos o direito de conhecer a forma como os candidatos pensam (ou não pensam) organizar a autarquia para responder aos novos desafios, é uma questão relevante para os eleitores e reveladora da preparação de cada um deles para o cargo.

36 comentários:

  1. Engº Adelino Malho, o Sr que tem sido tão mal tratado em confrontos directos com o Narciso Mota, acha mesmo que ele tem o discernimento necessário para discutir com alguém seja o que for?
    Obviamente que não vai discutir nada. Ele pensa (pouco) decide e já está. Quer lá saber da opinião de terceiros. O que prevalece é a dele e ponto final.
    Se não concorda consigo ou com outra pessoa, chama meia duzia de nomes e já está. Até parece que o Sr não o conhece!

    ResponderEliminar
  2. Adelino, boa noite.
    Tu estás mesmo lélé da cuca.
    Se eu fosse TOC ou ROC partia-te todo.
    É a tua sorte não ser nem uma coisa, nem outra.
    Fala politicamente e não ponhas em causa profissionais reconhecidos pelo Estado Português e que têm que responder pelas suas carteiras profissionais.
    Onde diabo é que tu tens andado para afirmares que as EMs não são fiscalizados?
    É por estas e por outras que o Partido Socialista de Pombal perde credibilidade junto dos cidadãos.
    Fico triste.
    Sem abraço.

    ResponderEliminar
  3. Ora aí está um tema interesante para se debater antes e durante a campanha eleitoral.É necessário é que os candidatos estejam á altura do debate. Não se fiquem por lugar comuns, mas apresentem propostas concretas e exequiveis.
    Poderá dizer-se que Narciso Mota leva vantagem, pois tem os elementos que os outros não tem. Mas mesmo assim devem de ir ao assunto com unhas e dentes.

    ResponderEliminar
  4. Esta coisa das empresas municipais, neste concelho, servem apenas para colocar amigos e companheiros nos tachos, quando os lugares na camara já não chegam, colocam-se nas empresas municipais, ou já se esqueceram que o Eng. Carreira antes de ser administrador da PMU, foi presidente da Junta de Carriço. Isto neste concelho é uma vergonha e ninguem quer ver?!!!!! O Narciso faz o que quer e ainda lhe sobra tempo para tudo o que é festa e batizado. o Povo de Pombal tem o que merece.

    ResponderEliminar
  5. O Sr Engº Rod Marques, fala em fiscalização e muito bem.
    Mas que fiscalização é possivel fazer quando se engana a própria Assembelia Municipal?
    Pelos vistos o TOC ou ROC (como queira) que fazem o seu trabalho são prendados com a demissão. Que garantias podemos ter que a fiscalização vai ser feita e bem feita?

    ResponderEliminar
  6. Este concelho está a saque. Os PSD de pombal fazem o que querem deste concelho. Faço um apelo a todos não permitam que este concelho continue a ser expoliado politicamente desta forma. isto é so tachos para amigos e familiares dos dirigentes municipais é uma vergonha!!!!

    ResponderEliminar
  7. Colega anónimo, seja coerênte!
    É só em Pombal que as empresas municipais são assim tão más?
    E nos concelhos onde o seu partido é governo, são melhores? Não dão emprego aos amigos do partido? Olhe que o seu partido não é exemplo para ninguém. Veja o que se passa com o governo, tudo o que é lugar na administração pública, só se consegue com o cartão rosa!
    deixemo-nos de tretas, e de falsos moralismos ok?

    ResponderEliminar
  8. Meus amigos, sabem quem é que vai construir os polos escolares a edificar em varias freguesias do concelho. Vai ser a Louricalva, uma empresa do calvete, o mesmo que vais patrocionar a candidatura do Narciso mota a camara. E eles que se davam tão mal, é uma vergonha.

    ResponderEliminar
  9. Os Pombalenses tem aquilo que merecem. Gente que não sabe gerir a coisa publica, mas ao invés, sabem muito bem gerir a sua bolsa.
    Está na hora de os Pombalenses mostrarem a sua indignação e olhar para o futuro com olhos de lince.
    Se assim não for, começo a ter muita pena das gerações futuras.

    ResponderEliminar
  10. R. Marques,

    Sei que não te deveria responder.
    Mas como sei que se me calar alguém vai ficar a pensar que estás cheio de razão, respondo-te.
    Em Pombal as empresas municipais não são fiscalizadas, avaliadas e discutidas na AM, órgão representativo dos munícipes. As EM são (eram) organizações obscuras para o cidadão e para os membros da AM (fruto de muita pressão mudaram alguma coisa no último ano).
    Em Leiria, câmara PSD, não é assim. Porque será?
    Cmpts,
    AM

    ResponderEliminar
  11. Inimigos...Inimigos, mas negócios á parte

    ResponderEliminar
  12. Boa noite:
    A empresa Calvete e Compª limitada, está sempre do lado de quem tem o poder/dinheiro. Nem que para isso se tenha de travestir de forma descarada.
    Agora, estar associado ao Narciso Mota, não é de espantar. Todos os Pombalenses conhecem a sua mais próxima ligação ao Vereador Micael, e não será por acaso.
    O descaramento chegou ali e parou!
    Será que os Pombalenses vão tolerar este estado de coisas por muito mais tempo?

    ResponderEliminar
  13. Tenham calma, porque sempre que esse Sr.apoia um candidato ele acaba por ser derrotado, eu não acredito em bruxas mas que as ha....ha

    ResponderEliminar
  14. O Sr Calvete que fique com os negócios dele, que a seu tempo verificaremos quais as contrapartidas dadas pela Câmara.
    Desejo que os concursos tenha sido feitos de forma isenta para ser ele a ganhar todos.
    Vamos estar de olho aberto e ver depois o resultado final.
    Será que está aqui um possivel candidato a adminitrador da empresa municipal que vai sair da fusão? Era um bom prémio!

    ResponderEliminar
  15. Boas a todos.
    Ora aqui estaria um bom tema de discussão.Mas, até parece que não sabem o Concelho onde estão. Alguma vez vai haver debate de alguma coisa? Nunca.
    O amigo Narciso já tem tudo decido e ponto final. Não vale a pena estarem a perder tempo. Os tachos vão ser preenchidos de acordo com quem for os lambe botas e mais nada.
    A discussão não faz parte dos genes do Narciso. Ele é o quero, posso e mando e não há mais nada para ninguém.
    Vamos ver no final da assafra, quem tem razão.
    Passem muito bem.

    ResponderEliminar
  16. Já não percebo nada disto! Mas o Calvete não era do PS?

    ResponderEliminar
  17. Meu caro amigo anonimo das 23:05:
    O Calvete foi do PS, mas em boa hora fez o favor ao Partido de se desfiliar.Digo-lhe mais, foi até deputado eleito nas listas do PS. E sabe como lá chegou? Com dinheiro, muito dinheiro.
    Por isso meu caro anonimo, gente dessa não faz falta no PS.
    Podem ficar com ele no PSD, e até lhe podem dar um lugar nas listas que ele paga bem.

    ResponderEliminar
  18. Já agora´sabiam que o engº Narciso Mota oufere de reforma e do vencimento de presidente da camara!, pois é, e o zé povinho a pagar e a quilate a ganhar mais uns valentes cobres a conta dos pombalenses; são tres eleicoes seguidas, vai ser só facturar, pois não ha que defender o patrão, e é se quer!

    ResponderEliminar
  19. A discussão não estava a ser acerca do Calvete, mas já agora que virou para aí, só queria dizer que fico feliz em que ele fique pelos lados do PSD.
    Assim, paga a campanha ao Narciso, pode arranjar uns lugar aos boys do PSD nas suas empresas e tudo fica mais facil.
    A Narciso deve agradecer esta ajuda. O pessoal das Meirinhas já se deve ter fartado de entrar com a nota e agora arranjou-se um suplente de peso (financeiro). Esta foi de mestre, Narciso.

    ResponderEliminar
  20. Narciso amigo, o Calvete está contigo. Não esquecer de arranjar um camião, mas agora dava mais jeito um autocarro, assim sempre se podia levar pessoas.
    Faz-se uma especie de excursão e o zé povinho lá vai, pobrete, mas alegrete.
    Caramba, arranje um autocarro dos bons, que o pessoal merece. Ao menos de 4 em 4 anos podemos viajar a borlix.

    ResponderEliminar
  21. Pois é! Só que o dinheiro sai dos cofres da Camara ( via polos escolares), ou seja do nosso bolso e não do Calvete ou do Narciso, esse é que é o problema!.Povinho conhecedor!!!!

    ResponderEliminar
  22. À borlix?!! Já era tempo de mudares de estilo, caramba! "O Curral dos Atrasados Mentais".

    ResponderEliminar
  23. Tanta gente ressabiada!
    Quando o Calvete,era do PS e patrocinava as passeatas, estava tudo bem, éra o maior, uma pessoa séria, agora passou-se para o outro lado, já é o maior "sacana"
    Para mim, sempre foi um oportunista, enquanto esteve no PS e agora que está no PSD.
    Tenho "pena" do Narciso Mota, vai ser "papado" sem apelo nem agravo. Não foi por falta de avisos. Enfim......

    ResponderEliminar
  24. Anónimo das 23:14
    Long(íssimo)e de mim ser defensor de Narciso Mota, mas auferir de reforma e vencimento em simultâneo é absolutamente legal desde que:
    - se aufira apenas de parte do vencimento
    - se aufira unicamente do vencimento, sem reforma (aqui fica-se apenas pelo direito a receber a reforma)
    Pode-se, obviamente, colocar em causa este regime, embora ele entre apenas em vigor quando o indivíduo atinge a idade/condições para receber reforma. Ainda assim, e comparando com a instabilidade e incerteza dos escalões sociais mais baixos, é sem dúvida faustoso. Não venha é espalhar boatos que morrem antes de chegar à praia. Dá má fama aos Anónimos, que já não têm muita para começar.

    ResponderEliminar
  25. Ó Gante,deixa lá os anónimos e vamos beber um fino :D

    ResponderEliminar
  26. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  27. No meio de tanto ruído (Sr. Eng, o meu amigo sabe muito... aqui foi táctica), ficou o essencial por discutir: porquê fundi-las? Estratégia ou castigo? O perfil para as gerir é irrelevante (basta um bom gestor) desde que haja bons técnicos - digo isto com base em alguns reparos que tenho ouvido, de várias proveniências, que o Eng. Carreira não teria o perfil para desenvolver as funções como o Dr. Vilaverde faz e vice-versa (isto claro se for um deles o "sortudo")? No fundo, porquê, para quê e, sobretudo, como é que se faz esta fusão.

    Pessoalmente, acho que é um exemplo da inexistência de estratégia. É a fusão ora porque sim, porque é a fuga para a frente.

    ResponderEliminar
  28. Óh rapazinhos anónimos, boa noite.
    O que é que vocês têm contra os Polos Escolares?
    Ou ainda andam com os cueiros, ou são distraídos, ou estão de má fé, ou são ignorantes, ou, ou...
    Não sabem, por acaso, o que são concursos públicos?
    Se não sabem estudem.
    A firma que ganhou o concurso para o Polo Escolar de Albergaria dos Doze (sabem onde fica? Não! Não é no concelho de Ourém. É no concelho de Pombal) chama-se Louricalba, Construções Lda.
    Não gostam do nome?
    Reduzam-se à vossa condição de amunuenses e não chateiem.
    Mesmo. Mesmo, mesmo sem abraço.

    ResponderEliminar
  29. Quanto é o valor do gado de meias, Manel?

    ResponderEliminar
  30. Claro que sabemos quem ganhou o concurso para o Pólo Escolar de Albergaria dos Doze.
    Foi a mesma empresa que ganhou os outros concursos para os restantes pólos escolares.
    (E o Eng. Rodrigues Marques sabe onde fica?)
    Sim! É na freguesia do Louriçal.
    (E o Eng. Rodrigues Marques sabe de quem é?)
    Sim! É do Dr. António Calvete. O homem "forte" do ensino privado.
    O tal senhor que foi socialista e agora apoia a recandidatura do Eng. Narciso Mota (PSD). Até dizem que só o mandatário da candidatura...

    ResponderEliminar
  31. É só parasitas, e Narciso Mota ?

    ResponderEliminar
  32. Anda por aqui um parasita, a julgar os outros por si próprio.
    É preciso ter lata !!!!!!

    ResponderEliminar
  33. Pensas que são todos como tu, anonimo das 17.27, vai trabalhar que o pais está em crise!

    ResponderEliminar
  34. Tu deves ser menino da mamã. Vives ás custas dos pais e depois vêns chatear quem trabalha.
    Ó pá vai "bugiar" tá?

    ResponderEliminar

O comentário que vai submeter será moderado (rejeitado ou aceite na integra), tão breve quanto possível, por um dos administradores.
Se o comentário não abordar a temática do post ou o fizer de forma injuriosa ou difamatória não será publicado. Neste caso, aconselhamo-lo a corrigir o conteúdo ou a linguagem.
Bons comentários.