3 de julho de 2009

Sai o melhor

Segundo a Rádio Cardal, Pedro Martins não aceitou o sétimo lugar na lista do PSD às próximas eleições autárquicas. Convenhamos que era uma grande despromoção para o vereador que, sob todas as perspectivas, teve o melhor desempenho.
Fica de fora o melhor. Mas mostra dignidade, coluna vertebral e independência em relação à política. Coisa rara nos últimos tempos, nomeadamente por aqui.
PS: Espero que não se confirmem alguns "zunzuns" que por aí circulam. A confirmarem-se, teria que corrigir o último parágrafo.

23 comentários:

  1. Camarada Malho, lamento confrontar-te com a verdade. É bem provável que se confirmem os zunzuns. Quanto ao Pedro Martins, já há quatro anos o engenheiro o queria mandar embora, e não o fez porque a pressão foi muita. Até dos jornais, se te lembras. Sai o melhor, sim. Ou pelo menos o mais puro.

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Sai um grande técnico, só por causa da quotas. Eu sou totalmente contra as quotas de mulheres naa listas, pois se elas querem igualdade devem entrar nas listas por mérito e não porque são mulheres. Trata-se pois de uma descriminação aos homens, por este andar vamos tambem ter quotas para os Homosexuais, Bi-Sexuais, Transexuais e outros que tais.

    ResponderEliminar
  4. Eheheh, por acaso seria uma boa ideia... obrigar a uma quota para homossexuais na lista do Eng. Narciso Mota... eheheheh

    ResponderEliminar
  5. De facto, não vejo grande sentido nesta nova lei...

    ResponderEliminar
  6. Caro Roque, essa das cotas para este caso concreto não cola. Eu também não concordo com as cotas, mas o Vereador Pedro Martins não vai apenas por opção de Narciso Mota (e quando digo Narciso Mota, duvido que o PSD tenha muito a dizer). Preferem-se Diogo Mateus, Fernando Parreira e Michael António, que vão à frente na lista. São opções.

    ResponderEliminar
  7. Olha, é impressão minha, ou o Adelino Malho anda a ouvir a rádio do regime? Não me digas que também já estás a "piscar o olho à direita", Malho?

    ResponderEliminar
  8. Adelino Malho, boa noite.
    Apesar de todas as trapalhadas que o teu Primeiro anda a fazer, coitado, ainda não conseguiu acabar com as férias.
    Tudo aponta para que as tuas tenham acabado.
    As minhas já acabaram há muito tempo.
    Paz à sua alma!
    Relativamente ao teu post sobre o meu companheiro Pedro Martins, tu cuida-te que pode o tiro sair pela culatra. E não estou a falar de pistolos, mas de pistolas.
    Não tens legitimidade nenhuma para usares o nome de pessoas, dignas, para trazeres para a “praça pública”, para denegrir.
    Deves ter apanhado sol na moleirinha.
    Não se faz!
    É baixo!
    Não é o último parágrafo que tens de corrigir.
    O que tens de corrigir é a tua conduta!
    Sem abraço.

    ResponderEliminar
  9. Amigo e companheiro Dr. João Coelho, boa noite.
    Quota ou cota tanto faz, parece-me. Mas parece-me, também, que cota é a distância entre dois pontos.
    Dou de barato.
    Já não dou de barato que o meu amigo e companheiro diga que “o PSD tenha muito a dizer”.
    Lamento que nunca tenha sido cabeça de lista a lista nenhuma.
    Nem na associação de estudantes?
    Nem na associação de bairro?
    Nem na associação desportiva da aldeia?
    É um bom exercício, pode crer. Experimente.
    Ficaria a saber que a lista deverá ser constituída por pessoas da confiança do cabeça de lista, segundo os critérios (discutíveis) da nossa cultura democrática.
    Por isso tem de explicar, muito bem explicadinho, essa coisa de nos imporem nomes para connosco trabalharem.
    Essa agora!
    Consegue explicar?
    Se não consegue, cale-se, para sempre!
    Abraço, com muita misericórdia.

    ResponderEliminar
  10. Oh Eng Rodrigues Marques, escancarou-se no chão ou é impressão minha.
    O companheiro diz que "a lista deverá ser constituída por pessoas da confiança do cabeça de lista". Então, se o Pedro Martins não integra a lista é porque o cabeça de lista não tem confiança na sua pessoa.

    Por falar em demissões. Consta à mesa do café que um jornalista do Correio de Pombal (propriedade do anterior-apoiante-do-PS-e-agora-patrocinador-da-recandidatura-de-Narciso-Mota) foi despedido. O mesmo jornalista que entrevistou o candidato do PS, Adelino Mendes, e que irritou muito o candidato do PSD, Narciso Mota.
    Eu não acredito em bruxas... mas, como dizia o antigo candidato do CDS-PP, que há coisas há.

    ResponderEliminar
  11. Amigo e companheiro da política, boa noite.
    Dar e voltar a dar não é, propriamente, jogo que se jogue.
    Eu disse “discutível”.
    As quotas são uma condicionante forte.
    Outros critérios são, também, condicionantes.
    Reitero tudo o que disse sobre o meu companheiro Pedro Martins.
    Em abono da verdade devo dizer que ele não foi borda fora.
    Está connosco, e recomenda-se, apesar de todos os maldizentes.
    Até…

    ResponderEliminar
  12. Quando um amigo meu leu "Sai o melhor" pensou que se estavam a referir ao ministro Manuel Pinho.

    ResponderEliminar
  13. Caro(a) Política,

    Será que queria antes dizer que o amigo Rodrigues Marques se "esparramou"(tombou no chão)? Que se escancarasse não me parece próprio dele. Julgo que o escancarar é mais coisa de Damas. A Sharon Stone, dizem, fez a escancaradela mais sublime do cinema. Aqui, o Engª não terá pernas para o caso?

    Espero que aqui não sejam tão comedidos nos comentários como no Post Relativo ao Sr. Presidente do Louriçal, se numa freguesia chegaram àquele número, ao nível da cabeça do Concelho exige-se mais versatilidade e que se vá, ainda, mais além.

    P.S. :

    - Um dia explico porque é que este comentário tem tudo a ver com o tema e não tem nada de brejeiro.
    - Aqui por baixo a censura anda muíto activa, passando de oficiosa a oficial. Com ofício datado e numerado em papel timbrado do Município, cujo lápis está, por ora, cor-de-rosa.

    Abraços,

    ResponderEliminar
  14. Caro R. Marques,
    A coisa doeu. Doeu tanto que perdeste, mais uma vez, as estribeiras.
    Mas ainda continuo numa dúvida, que conseguite manter: o que doeu mais? O elogio ou a alusão da marosca?
    Boas e mantem a calma. Isto ainda só agora começou!
    Um abraço (apesar de...)
    AM

    ResponderEliminar
  15. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  17. Caro Jorge Ferreira (ilustre fazedor de slogans):
    O número de comentários parece-me prova inequívoca de supremacia louriçalense no concelho de Pombal. Tenho cá para mim que o tal shopping ainda vem para o Louriçal. Nós cá não temos castelos para "cimentar", mas temos já um plátano centenário para "podar". Pode ser que a coisa interesse aos promotores!

    ResponderEliminar
  18. Caros amigos.
    Todos sabem que quando um vereador, enquanto membro de um júri fantasma” não é submisso em promover uma “teúda” e “manteúda” (com dinheiros públicos) a mestre escola irá para a rua na primeira oportunidade. Todos sabem também que esses indivíduos livres e teimosos e até honestos podem ser reconduzidos para evitar polémicas. É vida ….
    Todos sabem também que, quando o comandante é invejoso e fraco, tenta despromover os seus melhores generais e se rodeia de ajudantes de campo medíocres para que ele seja o melhor.
    Mabeco

    ResponderEliminar
  19. Peço desculpa pelo lapso da quota e da cota, que de tanto abominar a sua presença nesta coisa das listas de candidatos nem me dei ao trabalho de ir ver como se escreve.
    Quando diz que nunca fui cabeça de lista a nada é falta de informação porque já fui em duas situações, uma ganhei e outra perdi, que não identifico por agora nenhuma porque pareceu-me que para o Sr. Eng. Marques qualquer uma servia.
    Da pouca experiência que tenho disto da política a única coisa que sei é que uma lista, sendo de um partido ou sendo apoiada por um partido, tem lá sempre o partido. A influência pode ser maior ou menor mas o partido está lá. Em Pombal e no PSD de Pombal a ideia que ressalta (a mim pelo menos) é que ninguém tem paciência para discutir com o Narciso Mota. Já nem lhe chama medo como outros, é falta de paciência. O projecto político das listas do PSD para a Câmara Municipal de Pombal é de Narciso e não do PSD, porque nem o PSD está para se chatear com o homem, nem ele admite que o chateiem e como ele vale muitos votos e o PSD vale muitos votos e como anda tudo a marcar posições, está tudo certo entre eles. Entretanto quem perde é Pombal, não porque o PSD não é capaz enquanto partido de oferecer soluções válidas para a terra, mas porque simplesmente não está para isso.
    Mas isto pode ser tudo ilusão minha, eu vejo isto tudo mal, o Sr. Eng. vai dar-me mais uma "lição" de "estratégia" (com motos e as estradas do concelho) e o coelho, em vez de sair da cartola, volta para a toca.

    ResponderEliminar
  20. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  21. http://www.youtube.com/watch?v=fdht4bd2HGc

    ResponderEliminar
  22. Amigo e companheiro Dr. João Coelho, bom dia.
    Eu não quero o meu amigo na toca.
    Quero-o vivo e vivaço para poder compreender que a estratégia do Engº Narciso Mota é, também, a estratégia do PSD:
    Tudo fazer, cada vez mais e melhor, para criar condições para que as nossas populações tenham melhor qualidade de vida.
    Ninguém é detentor da verdade e o Engº Narciso Mota sempre deu o peito às balas.
    Discute as causas que abraça com a energia que todos lhe reconhecemos.
    Mas discute!
    Entre o meu amigo, também, nessa discussão.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  23. Sr. coelho continue na toca! É lá o seu lugar

    ResponderEliminar

O comentário que vai submeter será moderado (rejeitado ou aceite na integra), tão breve quanto possível, por um dos administradores.
Se o comentário não abordar a temática do post ou o fizer de forma injuriosa ou difamatória não será publicado. Neste caso, aconselhamo-lo a corrigir o conteúdo ou a linguagem.
Bons comentários.